quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Coluna do dia 22/02/18

***ABABTG divulga cronograma de inscrições e seletivas da Mostra Paranaense de Dança 2018***


Crédito das fotos: Cayo Vieira.

***Em 11 anos de existência, a Mostra Paranaense de Dança – iniciativa da Associação de Bailarinos e Apoiadores do Balé Teatro Guaíra (ABABTG) – se tornou o maior evento do gênero no Brasil. Em sua última edição, em 2017, reuniu cerca de 17 mil pessoas – entre público, artistas inscritos, bailarinos profissionais convidados, equipe técnica e alunos das oficinas e workshops. Ao todo, o Festival contou com a participação de grupos de 56 cidades, sendo três de Santa Catarina e o restante do Paraná. Ambos os estados reuniram 2360 artistas inscritos, que apresentaram 566 coreografias, sendo que, destas, 122 foram aprovadas para a Mostra Final.


Em 2018, a Mostra dá continuidade à sua missão de promover apresentações artísticas de companhias profissionais convidadas, revelar o talento de artistas e grupos amadores, promover a interação entre profissionais e estudantes da dança, ofertar iniciativas de formação e trazer para o Brasil artistas internacionais para apresentações inéditas. Todos os anos, estudantes de todos os estilos de dança do Paraná e de estados vizinhos aguardam ansiosos a divulgação do cronograma de atividades da Mostra e a revelação das cidades escolhidas para receber as seletivas.


Este ano, além de Curitiba, a ABABTG passará por Campo Mourão, Pato Branco, Ponta Grossa e Arapongas. Grupos, escolas, academias e bailarinos poderão se inscrever a partir do dia 7 de abril (cronograma de inscrições abaixo). Os grupos inscritos se apresentarão para uma banca de profissionais convidados pela Associação e alguns trabalhos serão selecionados para a grande final realizada tradicionalmente no palco do Guairão.

Essas cidades ainda vão receber oficinas de aprimoramento técnico e artístico em modalidades variadas, ministradas por profissionais habilitados. A grande abertura da Mostra acontece no Guairinha no dia 2 de maio e contará com a apresentação de solistas finalistas e/ou premiados no Internationales Solo-Tanz-Theater Festival Sttutgart, que acontece anualmente na Alemanha. 

Cronograma da edição 2018 da Mostra Paranaense de Dança da ABABTG

Período de inscrições de escolas, academias, grupos e artistas, via site: www.ababtg.org.br/mostra: Curitiba: de 7 a 13 de abril. Campo Mourão: de 21 a 27 de abril. Pato Branco: de 28 de abril a 4 de maio. Ponta Grossa: de 5 a 11 de maio. Arapongas: de 12 a 18 de maio.

Período de seletivas nas cidades do Paraná: Curitiba: de 3 a 6 de maio. Campo Mourão: 19 e 20 de maio. Pato Branco: 26 e 27 de maio. Ponta Grossa: 2 e 3 de junho. Arapongas: 9 e 10 de junho.

Abertura com os solistas internacionais: Dia 2 de maio, no Guairinha, em Curitiba. Mostra Final com os grupos selecionados e profissionais convidados: Entre os dias 21, 23 e 24 de junho, no Guairão, em Curitiba.

Inscrições para oficinas de aprimoramento técnico e artístico, via site www.ababtg.org.br/mostra: Campo Mourão: 30 de abril a 13 de maio. Pato Branco: 7 a 20 de maio. Ponta Grossa: 14 a 27 de maio. Arapongas: 21 de maio a 3 de junho. Curitiba (Mostra Final): 4 a 17 de junho. Investimento: R$20,00 por oficina. Regulamento e informações: mostra@ababtg.org.br - www.ababtg.org.br/mostra - www.facebook.com/ababtgoficial.

ABABTG - Fundada em 2007, a Associação de Bailarinos e Apoiadores do Balé Teatro Guaíra surgiu para fortalecer a dança e demais artes motivando uma ligação sinérgica entre os setores público e privado. Para tanto, tem desenvolvido projetos culturais que promovam ações de formação, atualização, divulgação e fomento da dança, em suas diversas linguagens. A formação de público e o apoio à gestão de carreira de seus associados bailarinos, ex-bailarinos e apoiadores do Balé Teatro Guaíra também estão entre os compromissos da ABABTG.

Formalizada como uma agremiação artística e cultural de caráter civil e personalidade jurídica e recentemente qualificada como Organização Social, a Associação tem demonstrado uma atividade intensa desde a sua fundação. Entre os seus principais eventos está a Mostra Paranaense de Dança, realizada anualmente em diferentes cidades do Estado para incentivar e valorizar bailarinos e grupos amadores e promover apresentações profissionais a preços populares.

***Mario Sergio Cortella apresenta palestra “Qual é a tua obra?” em Curitiba***


Crédito da foto: Nana Higa.

***Considerado um dos grandes filósofos contemporâneos brasileiros, Mario Sergio Cortella é atração da 1ª edição do Neoconnection, que acontece no dia 9 de maio de 2018, às 20 horas, no grande auditório do Teatro Positivo, em Curitiba. Ele apresentará a palestra “Qual é a tua obra?:Inquietações Propositivas Sobre Ética, Liderança e Gestão”, tema inspirado em seu livro que leva o mesmo nome.

O objetivo é proporcionar ao público a reflexão sobre três importantes pilares do mundo corporativo: gestão, liderança e ética. Cortella procura incentivar o expectador a compreender que a sua obra é muito mais ampla do que o trabalho realizado, levando-o em busca de um significado maior na vida, ressaltando princípios fundamentais para ser um líder que inspire e anime, e ainda destaca pontos fundamentais para cuidar da vida coletiva regrada com princípios e valores éticos.

Com extenso currículo profissional, Cortella instiga durante as suas palestras os espectadores à reflexão, a realizarem a obra e enxergarem um significado maior na vida, além de desmistificar conceitos e preconceitos sobre educação, família e escola. Ele faz com que a plateia reflita sobre sua própria condição e sobre o legado que cada um deixará para a humanidade.

Seu livro “Qual é a Tua Obra: Inquietações Propositivas Sobre Ética, Liderança e Gestão” conta com mais de 500 mil exemplares vendidos. Seguido por mais de 1,2 milhões de pessoas em sua página no Facebook, no Youtube, alcançou a marca de mais de 2 milhões de views em uma de suas palestras, com o título: Se você não existisse que falta faria? O Neoconnection, evento promovido pela Neoplanrh e a Evidência Comunicação Integrada, tem o objetivo de proporcionar aos expectadores uma reflexão sobre a obra e o legado que cada um vai deixar no mundo. Este evento surgiu com o propósito de conectar pessoas ao conhecimento, aproximar talentos, propiciando crescimento e aprendizado através de palestras inspiradoras.

Serviço: Palestra Qual é a tua obra? - com Mario Sergio Cortella Data: 09 de maio de 2018, às 20h – Quarta-feira Abertura da casa: 19h / Horário previsto do início:20h Local: Grande Auditório do Teatro Positivo (Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 5.300 - Campo Comprido) Classificação etária: Livre. Ingressos: https://www.diskingressos.com.br/event/7258 e nos postos de vendas credenciados do Disk Ingressos. Valores: Os valores dos ingressos do 2º lote, podem ser adquiridos a partir de R$ 125,00 a meia-entradada, já com a taxa administrativa do Disk Ingressos inclusa.

A meia-entrada é válida para Doadores de Sangue devidamente comprovados, Estudantes devidamente comprovados, Idosos conforme Lei, PNE, Portador de Câncer e Professor. Desconto de 50%, no ingresso inteiro, para Advogados e colaboradores OAB-PR , Associados APCEF/PR, Associados Santa Mônica Clube de Campo, BPW – Business Professional Woman, Clientes Evidência Comunicação Integrada e NeoplanRH, Clientes Livrarias Curitiba LEIO+, Clube Disk Ingressos e Uningressos e Clube Gazeta do Povo. Realização: Evidência Comunicação Integrada e Neoplanrh. Informações: (41) 3315-0808 www.diskingressos.com.br.

***Jane Pizzato faz palestra gratuita em Curitiba***


Crédito da foto: Divulgação.

***A consagrada sommelier Jane Pizzato estará na capital paranaense nos próximos dias. Ela vem ministrar uma palestra sobre a variedade da uva Merlot, falar sobre a vinícola da qual é sócia-diretora e dos prêmios recebidos no Brasil e exterior.

O evento será no dia 6 de março (terça-feira), às 19h30, na Livrarias Curitiba do Shopping Palladium av. Pres. Kennedy, 4121, Portão, Curitiba-PR, tel. (41) 3330-6749. A entrada é franca, haverá degustação e comercialização de vinhos no local.

Jane Pizzato tem MBA em Inteligência Empresarial pela FGV-RJ e formação pela Wine & Spirit Education Trust de Londres. Ela comanda a Pizzato Vinhas e Vinhos, que é referência em vinhos e espumantes dentro e fora do país.

***Eduardo Balarotti é destaque no primeiro Business Connect de 2018***


Crédito da foto: Divulgação.

***O diretor de marketing e vendas da Rede Balaroti, uma das maiores empresas de varejo de materiais de construção do Sul do País, Eduardo Balarotti, será o convidado da primeira edição do Business Connect de 2018.

O encontro, promovido pela Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil - Seção Paraná (ADVB-PR) e pela Business Professional Woman (BPW Curitiba), acontecerá na última terça-feira do mês (27 de fevereiro), no Hard Rock Cafe Curitiba, a partir das 19h, e irá reunir profissionais de diferentes segmentos para troca de experiência, aumento da rede profissional de contatos e geração de novos negócios.

Natural de Astorga, no norte central do Paraná, Balarotti é formado em administração pela UFPR e possui Mestrado em marketing e recursos humanos. Começou a atuar na empresa, que foi fundada pelo avós, pelo pai e por tios, desde muito cedo. “A família começou com uma indústria madeireira em, 1966 e em 1976 migrou para Curitiba, passando a trabalhar com materiais de construção”, conta o empresário.

Atualmente, a rede conta com lojas físicas em Curitiba, Ponta Grossa, Florianópolis, Joinville, Jaraguá do Sul, Blumenau, Balneário Camboriú e São José, além de um e-commerce que atende todo o Brasil. Durante o Business Connect, Balarotti irá contar sobre as estratégias de marketing e vendas utilizadas dentro da rede, além de sua trajetória profissional. O evento é gratuito, mas as vagas são limitadas. As inscrições devem ser feitas pelo email secretaria@advbpr.com.br.

Serviço: Business Connect – Fevereiro Data: 27 de fevereiro (terça-feira) Horário: a partir das 19h Local: Hard Rock Cafe Curitiba (R. Buenos Aires, 50 - Batel) Mais informações: (41) 3085-3124 ou secretaria@advbpr.com.br.

Sobre a ADVB-PR - Há 51 anos, a ADVB-PR atua para o desenvolvimento da atividade empresarial do Estado, valorizando os profissionais e empresas por meio do intercâmbio de conhecimento, experiências e ideias entre associados e profissionais de expressão nacional e internacional. 

Com a promoção de eventos e atividades realizadas em parceira com a iniciativa privada, visando à atualização, qualificação e aperfeiçoamento dos profissionais das áreas de Marketing, Vendas, Comunicação e Gestão Empresarial, a ADVB-PR contribui com centenas de empresas e instituições paranaenses na busca por mais eficiência, qualidade e competência. Além do Top de Marketing, Estrela da Manhã e do Prêmio Personalidade, a entidade realiza outros eventos e cursos para fomentar o mercado.

***Orquestra Sinfônica do Paraná abre temporada de apresentações em 2018, no Guairão***


Crédito da foto: Kraw Penas.

***A Orquestra Sinfônica do Paraná, sob regência do maestro titular Stefan Geiger, fará a primeira apresentação de 2018 no Guairão. O concerto da OSP será no dia 25 de fevereiro, às 10h30, no Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto. A entrada é R$30,00 (trinta reais). No programa estão Peter Grimes: Quatro interlúdios marítimos, op. 33ª (Benjamin Britten), Concerto para violoncelo e orquestra em mi menor, op.85 (Edward Elgar) violoncelo solo: Tanja Tetzlaff, Variações sobre um tema original “Enigma”.

Autores e obras: Edward Benjamin Britten - Barão de Aldeburgh (1913-1976) - Além de compositor era um maestro e pianista inglês. Figura central da música clássica britânica do século 20, com obras variadas, incluindo ópera, peças vocais, orquestrais e de câmara. As obras mais conhecidas dele são: ópera Peter Grimes (1945); o Réquiem da Guerra (1962); e o show The Young Person's Guide to the Orchestra (1945).

Peter Grimes: Quatro interlúdios marítimos, op. 33ª - É uma ópera com libreto adaptado por Montagu Slater do poema narrativo, "Peter Grimes", de George Crabbe. A ambientação é uma aldeia fictícia na costa leste da Inglaterra, semelhante à Aldeburgh, cidade onde o compositor morava com o marido. A estreia desta peça foi no Sadler Wells em Londres em 7 de junho de 1945, regida por Reginald Goodall.

Sir Edward William Elgar (1857-1934) - Consagrado compositor inglês, cujas obras entraram no repertório de concertos clássicos britânicos e internacionais. Entre as composições mais conhecidas estão: obras orquestrais, incluindo as Variações Enigma, Pompa e Circunstância, os concertos para violino e violoncelo, além de duas sinfonias. Também compôs obras de câmera e corais, incluindo The Dream of Gerontius, embora seja considerado um compositor tipicamente inglês, a maior parte de suas influências musicais vinha da Europa continental.

Concerto para violoncelo e orquestra em mi menor, op. 85 - Foi a última grande obra composta por Elgar, em 1919, que, afetado pelo período pós-guerra, imprime neste concerto tons de melancolia. A estreia foi considerada uma catástrofe, pois os músicos não tiveram tempo sufuciente de ensaio, além do estilo totalmente diverso do concerto para violino, muito mais melodioso e lírico. Quatro décadas mais tarde, passou a ser peça corrente em salas de concerto do mundo todo, além de trilha do filme Hilary e Jackie.

Variações sobre um tema original “Enigma” - Ao final de um dia lecionando de 1898, Elgar começou a improvisar ao piano uma melodia que chamou a atenção da esposa. Ela pediu que ele repetisse a peça, que chamou de “Enigma”, foi quando ele começou a repetir o tema várias vezes, cada vez imitando o estilo de algum amigo próximo do casal. Depois orquestrou as 14 canções, transformando-as na peça "Variações Enigma”, estreado em 1899, sob-regência de Hans Richter.

Stefan Geiger: Maestro titular - Stefan Geiger recebeu formação musical em Colonia, Trossingen, Bremen, Paris e Philadelphia. Foi bolsista da “Studienstiftung des deutschen Volkes” e ganhou prêmios em diferentes concursos internacionais. A atenção do maestro está tanto para a interpretação do repertório básico de sinfonia como pela busca do novo: Geiger é um dos fundadores e presidente do Júri do “German Music Award”, concurso em cooperação com a Rádio Bremen que, a cada dois anos, oferece um fórum para jovens que compõem músicas para videogames.

Entre os trabalhos que realizou junto à orquestra paranaense estão diversos concertos apresentados desde 2012, incluindo os concertos, tocados ao vivo, com projeção dos filmes: “As Aventuras do Príncipe Achmed (As Die Abenteuer des Prinzen Achmed)”, de Lotte Reiniger, trilha sonora de Wolfgang Zeller; “Metropolis”, de Fritz Lang, trilha sonora de Gottfried Hupertz; “Marinheiro de encomenda (Steamboat Bill Junior)”, de Buster Keaton, trilha sonora de Timothy Brock.

Tanja Tetzlaff: Violoncelo solo - A violoncelista Tanja Tetzlaff realiza um extenso repertório, incluindo o solo básico e a literatura de música de câmara, e importantes composições dos séculos XX e XX. Uma gravação de concertos de violão de Wolfgang Rihm e Ernst Toch foi lançada pela NEOS. A música de câmara também desempenha um papel importante na carreira de Tanja, com aparições regulares ao lado de Lars Vogt, Leif Ove Andsnes, Alexander Lonquich, Antje Weithaas, Florian Donderer, Baiba e Lauma Skride e seu irmão Christian Tetzlaff, incluindo nos festivais de Heidelberg, Heimbach, Bergen e Edimburgo.

Em 1994 Tanja fundou o Tetzlaff Quartett, com Christian Tetzlaff, Elisabeth Kufferath e Hanna Weinmeister. Tanja estudou com Bernhard Gmelin em Hamburgo e Heinrich Schiff no Mozarteum em Salzburgo e toca um violoncelo por Giovanni Baptista Guadagnini a partir de 1776. A Orquestra Sinfônica do Paraná é mantida pelo Centro Cultural Teatro Guaíra e pelo Serviço Social Autônomo Palco Paraná, e conta ainda com patrocínios (Lei Rouanet) das empresas: BRDE, Elejor e Huhtamaki.

Serviço: Concerto da Orquestra Sinfônica do Paraná - Duração 1h30 Dia 25 de fevereiro, às 10h30 Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto – Guairão Regência: maestro titular da OSP Stefan Geiger Violoncelo solo: Tanja Tetzlaff Classificação: maiores de 7 anos Ingressos: R$ 30,00.

***Universidade Positivo abre exposição gratuita na Biblioteca Central***


Crédito das fotos: Divulgação.

***A exposição “Histórias nunca contadas”, com obras de Adrianne Moro, recepciona a comunidade acadêmica neste início de ano letivo na Universidade Positivo (UP). A mostra, com aproximadamente 50 peças, preenche a Biblioteca Central da universidade com cores, formatos e histórias que podem ser interpretadas das mais diversas maneiras. No mundo pictórico da artista, cada pintura fornece uma oportunidade para narrar, comunicar e conversar, sem o uso das palavras.


Segundo ela, as histórias nunca foram contadas, pois criar histórias é um ato significativo e possibilita múltiplas maneiras de fazê-lo. “Utilizando a experiência visual, as histórias aqui são contadas por meio de imagens e interpretadas por cada expectador livremente”, explica Adrianne. Gaston Bachelard, filósofo e poeta francês, é a fonte de inspiração desse trabalho, discorrendo sobre o devaneio e o sonho em suas obras e convidando a artista a sonhar e a criar. O trabalho foi concebido inicialmente por meio da colagem digital com a sobreposição de imagens e camadas que resultam num universo surreal, no qual a figura feminina é o sujeito principal de cada história.


Assim, as histórias são colocadas num universo paralelo e utópico que surge das experiências cumulativas da artista, como sonhos e lembranças que são traduzidas em cada obra. Após o trabalho digital, Adrianne passa para a parte manual, com variações em técnicas mistas, como aquarela sobre papel, pintura, recorte e colagem sobre tela e, finalmente, o uso de bordados em algumas obras. O processo criativo é a parte que mais interessa à artista - porém, fica clara a importância de experimentar o trabalho manual de diversas maneiras, agregando técnicas com a finalidade de obter um resultado final diferenciado.

“Os trabalhos surgem de uma faísca inicial de inspiração onde uma história aparece. Seu desenvolvimento é criado naturalmente sem resistência e segue, intuitivamente, para um mundo surreal”, explana Adrianne. Ela conta que o objetivo é criar mistério e suspense, sem revelar a história completa, trazendo uma visão intrigante na qual o espectador torna-se também criador. "Dessa forma, ele é convidado a participar de uma maneira cognitiva e finalizar uma história nunca antes contada". A exposição está aberta ao público na Biblioteca Central da Universidade Positivo, no câmpus-sede Ecoville, das 8h às 22h30, até o dia 29 de março. A entrada é gratuita.

Serviço: Exposição Histórias Nunca Contadas Onde: Universidade Positivo - Câmpus Ecoville | Biblioteca Central (Rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 5300 - Ecoville) Quando: até 29 de março - Quanto: Entrada gratuita.

Sobre a Universidade Positivo - A Universidade Positivo concentra, na Educação Superior, a experiência educacional de mais de quatro décadas do Grupo Positivo. A instituição teve origem em 1988 com as Faculdades Positivo, que, dez anos depois, foram transformadas no Centro Universitário Positivo (UnicenP).

Em 2008, foi autorizada pelo Ministério da Educação a ser transformada em Universidade. Atualmente, oferece 57 cursos de Graduação presenciais (35 cursos de Bacharelado e Licenciatura e 22 Cursos Superiores de Tecnologia), três programas de Doutorado, quatro programas de Mestrado, centenas de programas de Especialização e MBA e dezenas de programas de Extensão.

A UP conta com sete unidades em Curitiba, uma unidade em Londrina (PR), além de polos de Educação à Distância (EAD) em mais de 30 cidades espalhadas pelo Brasil. É considerada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação (MEC), a melhor universidade privada do Paraná, pelo sexto ano consecutivo.

***Projeto Legado 2018 tem inscrições prorrogadas até 25 de fevereiro***


Crédito da foto: Divulgação.

***Empreendedores sociais de todo o país terão uma nova chance de participar da 6ª edição do Projeto Legado. O programa de aceleração, oferecido gratuitamente pelo Instituto Legado de Empreendedorismo Social, teve as inscrições prorrogadas para o próximo domingo, dia 25 de fevereiro, no site http://institutolegado.org/pl18. O edital vai selecionar 30 iniciativas, entre negócios sociais, organizações da sociedade civil, fundações, associações e institutos, para uma série de capacitações estratégicas, desafios práticos e possibilidade de investimento financeiro no valor de R$ 10 mil para ser aplicado em expansão de impacto.

Em cinco anos de atuação, o Projeto Legado já atendeu mais de 100 instituições brasileiras, contabilizando mais de 500 horas de atividades para mais de 200 empreendedores. Os encontros, que são feitos em modo presencial e online, incentivam os participantes a criarem cenários para suas atividades de curto, médio e longo prazo. O objetivo é que, por meio do conhecimento adquirido e de atividades práticas, as organizações amadureçam e possam oferecer melhores oportunidades de futuro para as comunidades e grupos com os quais atuam. Para se inscrever, os interessados devem preencher um questionário online no site do Instituto Legado e enviar um vídeo de dois minutos. Todas informações e pré-requisitos estão disponíveis no edital.

Sobre o Instituto Legado - O Instituto Legado acredita que o Empreendedorismo Social é uma ferramenta eficaz para o desenvolvimento econômico e se propõe a ampliar o impacto de iniciativas sociais, causar transformações e deixar um legado. Atua em três frentes estratégicas: Capacitação, Educação Formal e Fortalecimento de Rede. A capacitação é executada por meio do Projeto Legado, programa que seleciona, capacita, conecta e investe em organizações sociais de alto potencial de impacto. A segunda frente é a Educação Formal.

Em parceria com a FAE Business School e o Amani Institute, o Instituto Legado estruturou a primeira pós-graduação em empreendedorismo e negócios sociais do Sul do Brasil. A terceira frente é o Fortalecimento de Rede, que promove e apoia ações sobre Empreendedorismo, Inovação, Negócios Sociais e Investimento de Impacto com a intenção de tornar Curitiba polo de discussões de relevância nacional e internacional. Para ajudar o fortalecimento da rede, há um ano foi criado o Legado Socialworking, um coworking exclusivo para negócios sociais. Saiba mais em www.institutolegado.org.

***Museu Paranaense promove tarde de autógrafos com Jurandir Souza***


Crédito da foto: Divulgação.

***O Museu Paranaense (MP) promove no dia 23 de fevereiro, sexta-feira, uma tarde de autógrafos do livro “Vulnerabilidade, resiliência e cultura: comunidades quilombolas no Paraná e o Varzeão” com o autor Jurandir Souza. A obra faz parte da coleção Teses do Museu Paranaense. O evento começa às 17h no auditório Loureiro Fernandes e a entrada é gratuita.

O diretor do Museu Paranaense, Renato Carneiro Jr. explica que o museu tem como missão a preservação, divulgação da história, da cultura e do patrimônio do Paraná. “A publicação de livros aumenta bastante a possibilidade de que mais pessoas visualizem elementos da nossa história e conheçam a fundo alguns desses temas. Para o museu também é muito importante permanecer no cenário científico nacional e internacional com publicações deste nível”.

A publicação faz um panorama sobre as comunidades de descendentes negros no Paraná. No livro é retratada a história e as condições atuais da comunidade Varzeão, localizada no município de Dr. Ulysses, interior do Estado. A obra já está disponível para download gratuitamente no site do MP.

Sobre o autor - Jurandir Souza é graduado em Ciências Sociais (1993), mestre em Antropologia Social (2004) e doutor em Meio Ambiente e Desenvolvimento (2014) pela UFPR. Seu foco sempre foi trabalhar com populações afrodescendentes de Curitiba e do Paraná. Fez parte do grupo de trabalho Clóvis Moura do Governo do Paraná (2008-2010), no mapeamento das comunidades quilombolas do Estado.

Trabalhou no Setor de Antropologia do Museu Paranaense, entre 2012 e 2014, tendo atuado também na Coordenação das Relações Étnico-Raciais e no Departamento de Educação Básica (DEB) da Secretaria Estadual da Educação. Atualmente é docente na Universidade Estadual de Minas Gerais (FAE/UEMG).

Serviço: Tarde de autógrafo do livro “Vulnerabilidade, resiliência e cultura: comunidades quilombolas no Paraná e o Varzeão | Coleção Teses do Museu Paranaense” de Jurandir Souza Dia 23 de fevereiro de 2018 às 17h Auditório Loureiro Fernandes Entrada gratuita. Museu Paranaense Rua Kellers, 289, São Francisco. Curitiba/PR Terça a sexta-feira das 9h às 18h Sábado, domingo e feriado das 10h às 16h Tel: (41) 3304-3300 - www.museuparanaense.pr.gov.br.

***Concurso nacional de arquitetura revela talento paranaense***


Crédito das fotos: Divulgação.

***O projeto de Oliver Uszkurat, do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Positivo (UP), de Curitiba (PR), foi o vencedor do Concurso Pavilhão Toronto, promovido pela 44 Arquitetura e Skope Intercâmbio Cultural. O prêmio, que recebeu 418 propostas de alunos de todo o país, pretende estimular as boas ideias de estudantes e recém-formados. 

Como primeiro colocado, Oliver vai participar de um programa de intercâmbio de um mês em Toronto, no Canadá. Com o objetivo de construir um pavilhão de exposições que valorizasse a cultura de Toronto, o recém-formado propôs um espaço que fosse dinâmico, permeável e flexível.

De acordo com Oliver, a influência da cidade foi levada em conta durante o processo de criação. “Pensei em um pavilhão que fosse apto a receber diversos formatos de eventos, desde pequenas apresentações - que podem ocorrer simultaneamente - até grandes exposições com esculturas, apoio visual e arte”, explica. Segundo o egresso, o espaço contou com a minimização do impacto estrutural, além de iluminação difusa e abundante.


“Meu objetivo era colocar a cultura e a arte de Toronto como protagonistas desse espaço”, afirma. De acordo com o coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Positivo (UP), Rodolfo Marques Sastre, nos últimos anos, muitos alunos e professores estão sendo reconhecidos em concursos nacionais e internacionais. “Isso demonstra que a constante atualização das nossas práticas pedagógicas, bem como a presença de professores qualificados academicamente e que atuam no mercado, contribuem para a formação de um profissional diferenciado”, finaliza.

Sobre a Universidade Positivo - A Universidade Positivo concentra, na Educação Superior, a experiência educacional de mais de quatro décadas do Grupo Positivo. A instituição teve origem em 1988 com as Faculdades Positivo, que, dez anos depois, foram transformadas no Centro Universitário Positivo (UnicenP).

Em 2008, foi autorizada pelo Ministério da Educação a ser transformada em Universidade. Atualmente, oferece 57 cursos de Graduação presenciais (35 cursos de Bacharelado e Licenciatura e 22 Cursos Superiores de Tecnologia), três programas de Doutorado, quatro programas de Mestrado, centenas de programas de Especialização e MBA e dezenas de programas de Extensão.

A UP conta com sete unidades em Curitiba, uma unidade em Londrina (PR), além de polos de Educação à Distância (EAD) em mais de 30 cidades espalhadas pelo Brasil. É considerada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação (MEC), a melhor universidade privada do Paraná, pelo sexto ano consecutivo.

***Torneio de poker em Curitiba ultrapassa valor garantido e classifica participante para campeonato na Argentina***


Crédito da foto: Divulgação.

***O Batel Poker Clube, localizado no complexo de entretenimento Lounge Batel, encerrou o torneio com 30K garantidos. A competição contou com 385 inscritos e, além de distribuir R$ 37 mil em prêmios, classificou o vice-campeão para a disputa do World Poker Tour (WPT) na Argentina, em março.

Após seis dias de competição, o título ficou com o engenheiro curitibano Marcelo Gonçalves, jogador recreativo de poker há mais de dez anos e que demonstra surpresa com o resultado: “Havia jogadores bastante qualificados na competição e, no início da mesa final, eu não estava entre os melhores”. Mesmo com o título, Marcelo abriu mão da viagem para a Argentina e preferiu ficar com a premiação em dinheiro de R$ 10 mil.

Desta forma, o pacote que inclui buy-in de $ 1.500 na competição mundial e mais 5 diárias para duas pessoas no Iguazú Grand Resort Spa & Casino ficou com o vice-campeão, José Guilherme. José é jogador profissional de poker há cerca de três anos e se diz confiante para a disputa na cidade de Puerto Iguazú, na Argentina.

“Tenho disputado vários campeonatos nos últimos meses e a expectativa para o World Poker Tour é boa”, afirma. O torneio acontece entre os dias 14 e 19 de março e, segundo, José, será a competição mais importante de sua carreira até agora. Serviço: Lounge Batel Rua Coronel Dulcídio, 918- Batel / Curitiba - PR Tel: (41) 3205-9984 e (41) 98854-9220 | www.loungebatel.com.br | www.facebook.com/loungebatel.

***Paula Fernandes em Versão Intimista***


Crédito da foto: Divulgação.

***Sensível, intensa e original. Assim é a turnê “Acústico – Voz e Violão” que Paula Fernandes traz pela primeira vez a Curitiba em março. A tour acústica é mais intimista; está repleta de grandes sucessos tanto autorais quanto canções que fazem parte da playlist da artista. No repertório aparecem novidades como Nando Reis, Kansas, Skank, Victor e Léo, Almir Sater entre outros.

Com realização da Prime, a mineira de Sete Lagoas desembarca na cidade no próximo dia 10 de março para apresentação única no Teatro Guaíra (R: Conselheiro Laurindo, s/n) às 21h15. “Estou muito animada com essa turnê. Minha voz e violão serão os grandes protagonistas desse espetáculo em um cenário marcado por sutilezas.

Pensei em um repertório em que o público pudesse cantar do começo ao fim todos meus grandes sucessos, além de canções que eu gostaria de ter composto e/ou gravado. Creio que será uma experiência deliciosa, relembrando meus tempos de voz e violão em bares e casas de show, que podia me realizar cantando canções que sempre me emocionaram. Voltarei ao tempo em que meu violão e eu éramos um só!”, comemora a cantora. “Acústico – Voz e Violão” privilegia a essência vocal da cantora. Iluminação, cenário e músicos levam o público a despertar memórias e emoções.

A direção do espetáculo é da própria Paula Fernandes e de Marcio Monteiro, produtor e amigo que a acompanha desde sempre. Paula Fernandes é uma das principais artistas da atualidade, sendo referência dentro do segmento sertanejo, acumulando números importantes e colecionando recordes. São mais de 5,6 milhões de discos vendidos, fez doze turnês internacionais e emplacou 15 músicas em trilhas de novelas e duas em filmes.

Os ingressos estão disponíveis e variam de R$66,00 (meia-entrada) a R$286,00 (inteira), de acordo com o setor. Plateia Premium - R$286,00 (inteira) e R$146,00 (meia-entrada)/ Plateia A - R$266,00 (inteira) e R$136,00 (meia-entrada)/ Plateia B - R$246,00 (inteira) e R$126,00 (meia-entrada)/ 1º Balcão A - R$186,00 (inteira) e R$96,00 (meia-entrada)/ 1º Balcão B - R$166,00 (inteira) e R$86,00 (meia-entrada)/ 2º Balcão A - R$146,00 (inteira) e R$76,00 (meia-entrada)/ 2º Balcão B - R$126,00 (inteira) e R$66,00 (meia-entrada). A meia-entrada é para estudantes, maiores de 60 anos, professores, doadores de sangue, portadores de necessidades especiais (PNE) e de câncer.

Clientes Prime possuem 30% de desconto na compra de até dois bilhetes por titular. Portadores do cartão fidelidade Disk Ingressos possuem 20% de desconto na compra de até dois bilhetes por titular. Promo 1+1 – Na compra de 1 ingresso no valor da entrada inteira, o cliente ganha mais um no mesmo setor. Promoções não cumulativas com descontos previstos por Lei. Valores sujeitos a alteração sem aviso prévio. Já está incluso o valor de R$6,00 de acréscimo por bilhete referente à taxa de administração Disk Ingressos. É obrigatória a apresentação do documento previsto em lei que comprove a condição do beneficiário, na compra do ingresso e na entrada do teatro.

Os ingressos podem ser adquiridos através do Disk Ingressos (Loja Palladium - de segunda a sexta, das 11h às 23h, aos sábados, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h, - e quiosques instalados nos shoppings Mueller, Estação e São José - de segunda a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos, das 14h às 20h), Call-center Disk Ingressos (41) 33150808 (de segunda a sexta, das 9h às 22h, e aos domingos, das 9h às 18h), na bilheteria do teatro Positivo (de segunda a sexta, das 9h às 21h, e aos sábados, das 9hs às 18hs), na bilheteria do teatro Guaíra (de terça a sábado, das 12h às 21h) e pelo portal www.diskingressos.com.br.

Paula Fernandes em números: Mais de 5,6 milhões de discos vendidos.- 200 mil EPs vendidos 1 LP, 1 EP, 3 DVDs e 9 CDs. 12 turnês internacionais (4 na América do Norte, 1 na América do Sul, 5 na Europa e 1 na África). Cerca de 100 mil visitas por mês no site oficial da cantora. 130 é a média anual de shows. 15 mil pessoas é a média de público por apresentação. 15 músicas em trilhas sonoras de novelas e 2 em trilhas de filmes. 9 campanhas publicitárias. Mais de 14,8 milhões de seguidores no Facebook. Foi a artista mais tocada em rádios em 2014. Mais de 5 milhões de fãs no Twitter e Instagram. Mais de 250 milhões de visualizações no canal VEVO da cantora no YouTube. 2 milhões de pessoas é a média anual de público nos shows.

Serviço: Paula Fernandes Quando: 10 de março de 2018 (Sábado) Local: Teatro Guaíra - Auditório Bento Munhoz da Rocha Netto (R: Conselheiro Laurindo, s/n) Horários: Abertura do Teatro: 20h15 / Início do show: 21h15 Duração do show: cerca de 90min.

***Intercâmbio em St Julian propõe imersão em inglês para público 50+***


Crédito das fotos: Divulgação EC English.

***Encravada num arquipélago no Mar Mediterrâneo, a Ilha de Malta abriga uma charmosa cidade que tem servido de cenário para um inusitado intercâmbio. St Julian, originalmente um pequeno vilarejo de pescadores, tem muitas atrações turísticas e uma vida noturna animada. Esta atraente mistura de história, entretenimento e turismo é o que um grupo da curitibana Tea Time – Escola para Maiores de 50 Anos vai encontrar quando aportar por lá no dia 4 de maio.

Durante 15 dias, o moderno prédio da Escola EC English, voltada para o público 30+ vai receber os alunos da Tea Time para o programa Club 50+ da escola, específico para esta faixa etária. Os intercambistas da Tea Time terão diversas com o objetivo de aprender a língua inglesa, a segunda oficial de Malta além do maltês. Na programação há um jantar de boas-vindas, tour por Mdina, a capital Valletta, Gozo e um cruzeiro pelo canal principal do arquipélago, além de visitas a templos megalíticos e patrimônios mundiais da Unesco em Malta.


Em St Julian, no bairro Paceville estão as principais baladas e também as escolas de inglês, supermercados e restaurantes. Além de monumentos fantásticos, a cidade possui duas faixas de areia, St George e Balutta. Outros pontos turísticos também chamam a atenção, como Spinolla Bay, onde seus barcos atracados simbolizam a história dos pescadores locais, e Balutta Square, uma praça onde se pode relaxar e aproveitar o wi fi gratuito.

A experiência permitirá aos intercambistas conhecer um pouco da história de Malta. O país foi ocupado por diversos povos e por isso tem uma cultura miscigenada, com uma forte marca britânica, pois os ingleses ocuparam o arquipélago por 170 anos. A miscigenação chegou também à gastronomia maltesa, com influência da culinária mediterrânea, africana e europeia. Por estar perto da Itália, não faltam massa e pizza nos restaurantes de Malta. Os pães do arquipélago são famosos e sua produção de vinho é voltada para o mercado interno.